O autor


O autor
Meu nome é José Eduardo Testahy dos Santos Júnior. Tenho 26 anos. Sou formado em Psicologia (CRP: 05/47624) e atuo na área clínica com a Terapia Cognitiva Comportamental. Moro em Niterói, Rio de Janeiro. Atualmente clinico no Instituto de Saúde Mental e do Comportamento (www.ismc.com.br). Sou colunista da seção de Psicologia do jornal gonçalense Nosso Jornal (http://nossojornal.org/).

Contato: testahy.psicologia@gmail.com


Apresentando trabalho sobre Adicção (Vício) à Internet no I Congresso de Saúde Mental e Comportamento (Psicologia, Educação e Interfaces) - 2015

Com o teólogo, escritor e professor Leonardo Boff  no I Congresso de Saúde Mental e Comportamento (Psicologia, Educação e Interfaces) - 2015

Com o maior dublador brasileiro e comediante, Orlando Drummond - 2013

Com um dos maiores nomes do circo mundial, Orlando Orfei - 2013
Objetivo
O meu objetivo é proporcionar conteúdo que estimule o bem-estar, cultura e reflexões.

 Testahy
O nome Testahy surgiu no início do século XX, através de uma adaptação para o português do nome original Testaì. Este é um nome raro de origem italiana, mais precisamente das cidades de Catânia e Enna. Significa vaso de terracota. No Brasil, a história começa com a intensa migração dos italianos para a América. Pedro Testaì - nascido em 1880 - na cidade de Centuripe, amava a jovem Ignácia Toscana - nascida em 1884 - na cidade de Catânia. A família dela resolveu cruzar o oceano Atlântico em busca de melhores oportunidades. Também se deparando com severas dificuldades e seguindo o exemplo de alguns familiares, Pedro resolve sair da Itália em busca do seu amor e também de uma vida nova. Desembarcou na Argentina, estabelecendo-se com ajuda de alguns parentes que já haviam se instalado na região. Após um breve período em solo argentino, decide ir para o Brasil, se mudando para o Rio Grande do Sul, também permanecendo por um breve período. A bordo de um outro navio, desembarca em São Paulo. Insatisfeito por não ter encontrado Ignácia, resolve partir para o Rio de Janeiro, desembarcando na Ilha das Flores, na cidade de São Gonçalo. Este era o destino final da maioria dos imigrantes italianos que escolhiam o Brasil para ser seu novo país. Finalmente consegue encontrar Ignácia Toscana, que imediatamente aceitou o pedido de casamento de Pedro. Casaram em 1901, na cidade gonçalense. Como Pedro havia aprendido com seus familiares, ainda  na Itália, a extração de carvão, muda-se com Toscana para a cidade fluminense de Quissamã. 

Após um longo tempo de trabalho árduo, conseguem superar as dificuldades financeiras e compram algumas terras em Itaboraí e onde atualmente é o bairro Paraíso, em São Gonçalo. Como de costume nas primeiras décadas do século XX,  a grande maioria dos nomes italianos eram modificados de forma a se adequar à língua portuguesa, sendo "abrasileirados". Com isso, os últimos dos dez filhos de Pedro foram registrados com o sobrenome Testahy, enquanto que os primeiros filhos foram como Testaí. Estas mudanças também foram realizadas em nomes de cidades e bairros do estado de Rio de Janeiro; o bairro niteroiense Icaraí, nesta mesma época era escrito como Icarahy.

Certidão de casamento (1901)  de Pedro Testaì e Ignácia Toscana. Detalhe para o erro do escrivão que escreveu Testtai



Certidão de óbito (1955) de Pedro Testaí. Detalhe para o nome escrito certo. Posteriormente, seu filho José Testaí, declarante desta certidão, passou assinar como José Testahy, como a grande maioria dos seus irmãos



Certidão de casamento (1952) de Joselina Testahy,  minha avó paterna. Ela era filha de José Testaí. Nesta certidão, tanto ela, quanto o seu pai, estão como Testahy.

4 comentários:

  1. Oi, José Eduardo!
    Adoro as Histórias de família.
    Uma história bem romântica do patriarca da família
    O Patriarca da minha família - André do Valle Ribeiro, não conheço os motivos que fizeram chegar ao Brasil, mas também existe uma História que você pode encontrar na internet, se interessar.
    Agora sim, sei o significado! Achei que fosse alguma empresa patrocinadora! (rs*)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  2. mflores.moraes@hotmail.com19 de novembro de 2014 15:21

    Olá , José Eduardo ! Boa tarde!
    Favor entrar em contato com urgência com à Clínica Odontológica Alan Rivera .
    O Dr .Alan Rivera necessita falar com urgência contigo , o telefone para contato : 2621-5053/2613-3644.
    Desde já , agradeço .
    Mônica.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Saudações, José Eduardo.

    Não sei se lê os comentários por aqui, mas pesquisando sobre minha família encontrei na certidão de nascimento da minha bisavó os nomes de Pedro Testai e Ignácia Toscana como testemunhas assim como na certidão de casamento dos meus trisavós.

    Se tiver interesse, pode entrar em contato comigo pelo e-mail (pauloandreetsilva@gmail.com) que te envio os documentos para que você também tenha mais um registro deles.

    Muito interessante saber da história dos nossos antepassados.

    Abraços!

    Paulo André Torres.

    ResponderExcluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!