O Medo da Morte

Quem nunca teve medo de morrer? Quem nunca pensou como deve ser o outro lado? Todos, pelos menos em algum período do dia, imagina como deva ser a própria morte. Para alguns deve ser um sono profundo onde tudo acaba, para outros é um período de balanço entre as coisas que fizeram aqui na Terra e que tais coisas serão expostas em um telão lá no purgatório, mas para outros tudo não passa de uma coisa comum; uma coisa que poderá ser como a vida aqui, mas de uma outra maneira, uma vida puramente espiritual. Vejamos pelas visões no qual eu e você morreremos. Nossos limites de vida estão dentro de 2070 - se estivermos saúde e tudo correr bem, ou 2060/2050. Dá um medo, não dá? Aquela vontade de fazer tudo de uma vez por todas. De largar as coisas que nos chateiam etc. Aproveite a vida:


- Veja as coisas que sempre teve vontade de fazer, mas que nunca tentou ou achou que não teve oportunidade (ex: lugares, compra, conhecer pessoas, viver momentos alegres, reunir ou rever amigos, parentes, dizer alguma coisa boa a alguém que nunca teve coragem)

2º - Colocar em pauta, em um caderno ou folha (como no filme "Antes de Partir" - se não assistiu, assista!) tais coisas que nunca fez em ordem de importância. As principais serão as primeiras.

3º - Se empenhar para que se realizem. Verá que a maioria é bem fácil. Viagens e compras são as mais difícies, mas junte um dinheiro por um período que dá, sempre dá! Ligue para o povo, marque ou até mesmo chegue de surpresa nos lugares. Sempre alegre e registre os momentos.

4º - Esqueça o ódio ou aquela briga feia que teve com a ex-mulher ou o ex-marido, com algum marido ou alguma pessoa que até hoje lhe dê vontade de refazer os caminhos com ela. Por exemplo: - Nossa, aquela briga que tive com fulano foi tão estúpida. Estávamos bem, éramos felizes e nunca mais conversamos. Mesmo que tenha se passado milhares de anos, tal indivíduo vai está lembrando de ti. Vá lá, explique-se, seja amigável peça desculpas.

5º - Seja humilde com todos, a humildade é a porta não só para bons relacionamentos como para um bom caráter.

6º - Largue vícios prejudiciais que te incomodam ou que encurtam a sua vida. Pare de fumar, usar drogas, de comer determinadas coisas. Tenha força de vontade. Melhor viver 50 anos a mais sem beber do que 25 em porta de bar com um monte de gente suja e estúpida.

7º - Tenha em mente que os outros também não estarão aqui eternamente. Isso é: Seus avós, seus pais, seus tios, grandes amigos mais velhos que te ensinaram coisas importantes e boas que de alguma forma te ajudaram muito durante os anos. Aproveite a presença deles, esteja mais perto deles, mesmo que tenha que gastar uma quantia significativa. Chorar no caixão pensando: - Nossa, podia estar tais dias com ele antes dele partir, mas nem fiz nada pra acontecer. Não adianta! Faça antes da pessoa ir embora!

8º - Tem filhos ou quer deixar algumas coisas para alguém ou pra algumas pessoas? Faça o testamento. Ensine os filhos como devem proceder com os bens (isso é desde pequeno). Deixe as coisas bem cuidadas e sem dívidas. Explique a ordem das coisas e que tudo deve ser tradicional e ao mesmo tempo evolutivo - percebem que grandes grupos tendem a falir quando o senhor que era dono falece e tudo fica nas mãos dos herdeiros; sai brigas e disputas para ver quem fica com mais e no final tudo acaba. Não deixe que isto aconteça com as suas coisas. Mesmo que seja uma casinha, explique como deve ser, caso o contrário depois de alguns dias terão mais pessoas ao seu lado que morreu disputanto até aquela blusa favorita importada que tu sempre usava.

9º - Deixe claro como quer que seja o seu enterro. Se quer ser doador de órgãos, onde quer ser enterrado, se quer ser cremado, como quer que seja a cerimônia. Já fui em um sepultamento de uma pessoa que era praticamente evangélica e ela teve uma de umbanda (acredita?).

10º - Fique tranqüilo e relaxe. Se a morte fosse algo tão ruim assim já teriam mandando alguém vir dizer pra ninguém ir de tão ruim que é. Imaginem que tu está em uma praia. Aí ela tem um outro lado com aquele hotel, cheio de comida, aquela piscina, o povo lindo passando pra lá e pra cá, crianças brincando e tudo de graça! Aí alguns dos seus amigos olham aquilo e vão correndo aproveitar. Você acha que eles vão voltar pra te buscar? Vão é ficar lá na boa. Agora se fosse ruim eles iriam logo reclamar. Poxa, fulano, aquele lugar é chato pra caramba...


Não importa a sua religião, tu podes até ser ateu, mas uma coisa jamais poderás negar, a vida é complexa demais para haver grande cessamento em um evento chamado morte. Todo o complexo de uma vida não teria sentido se tudo isto acabasse de uma hora para a outra. Não teria sentido passar por tantas coisas, por tantas dificuldades e até mesmo sofrimento para chegarmos na alegria e no amor e de uma hora para a outra tudo acabar. Os homens não teriam filhos e estes filhos não teriam outros filhos se eles não tivessem a esperança de que há algo além. Por mais que estudem, que explorem todo o universo, estaremos longe de explicar o significado da VIDA e da morte. Nem mesmo as coisas do mundo, como a Terra e os demais planetas têm uma explicação para a sua existência. Imaginemos como um peixe que vive no seu mundo marinho, um dia nós (o peixe) decidimos colocar a cabeça para o lado de fora dá água e do nada nos deparamos na margem da praia de Copacabana. Será uma grande ousadia de um ser que antes vivia em seu mundo embaixo do mar. Imaginem quantas coisas ele verá diferente assim que sair andando pela praia e chegar na rua. A morte é parecida. Estamos debaixo d'água e logo estaremos em um outro plano. Mesmo tu que não acredita em um Deus ou algum outro ser supremo, acredite por exemplo na paz da vida, na paz de viver, na alegria e no amor. Vai me dizer que tu não gosta de apreciar a natureza, as estrelas, aquele dia lindo? Claro que gosta. Tu achas que isto tudo é por acaso? Nada é por acaso. Viva com amor e alegria. Seja compreensivo e cuide-se para viver cada vez mais.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...