Como Programar a Sua Viagem


Viajar quando se quer divertir e desfrutar de um lugar diferente e de sua preferência pode ter alguns imprevistos e até alguns aborrecimentos e isto se dá por diversos motivos e âmbitos que envolvem uma viajem. Para você que quer evitar esses problemas, siga algumas sugestões abaixo:


Pesquise antes os lugares que quer ir

Faça uma seleção através do que buscar em termos de lazer, comodidades e diversões em um determinado lugar ou determinados lugares naquele determinado período. Dê uma atenção para as características climáticas dos lugares que for. Isso evita que pegue constantes dias de chuvas quando pretendia ir às praias ou quando buscava frio e se deparou com calor. Lembre-se que cada época do ano o clima de algumas regiões mudam mais do que se podem imaginar. Essa pesquisa pode ser feita através de sites meteorológicos, como o climatempo http://www.climatempo.com.br/, por exemplo.


Como chegar

Informe-se qual é o meio de transporte e o trajeto mais cômodo e simples de se chegar aonde quer ir. Tem lugares que dependendo da região e da distância da qual você irá partir, sai mais barato ir de ônibus ou ir de carro. Ressaltando que quando for mais barato deixar o carro, pesquise qual é o meio de transporte predominante na região de destino, pois justamente lá o carro pode ser mais usado e o dinheiro que tu irá gastar se locomovendo de táxi, no final ficará mais caro do que se tivesse viajado com o seu próprio veículo.

Outro grande diferencial de ir com carro é a independência e a praticidade de conhecer os lugares de sua vontade sem se preocupar com a hora e economizando o tempo perdido em ônibus enquanto se locomove para conhecer outros locais.


Garanta lugar para ficar

Imagina você chegando à cidade que há tempos desejou ir e simplesmente percebe que não há vagas nos hotéis e pousadas. Ou duas ou uma: Ou fica em um lugar sinistro onde nem mesmo um cachorro deseja passar a noite, ou vai para a região mais próxima no qual possa lhe dar a chance de encontrar vaga, sendo que algumas das vezes essa região mais próxima fica muito, muito longe. Antes de ir, meses ou semanas, tenha todas as informações do lugar onde irá se hospedar: A localização, as instalações, o preço. Peça um vídeo também, pois além de lhe dar uma melhor visão do ambiente, não terá o risco de se enganado por fotos antigas ou retocadas de um lugar que na verdade não é muito parecido com a situação atual ou com a realidade. Depois de escolher um que chegue o mais próximo do que tu buscas, faça a reserva o quanto antes, desde que tenha a certeza de que irá viajar na data em que a realizou, pois a maioria desses empreendimentos, nesse caso, não devolvem o dinheiro ou a totalidade do que é pago adiantado. Alguns até convertem o valor em uma futura hospedagem, quando são avisadas com alguma antecedência, mas mesmo assim não devolvem em dinheiro o valor pago.


Quanto vai gastar

Tenha em mente o que irá fazer e o custo total ou aproximado da viagem. Lembre-se que sempre pode ocorrer algum imprevisto, então além de ir com o necessário, garanta uma quantia para cobri-los. Uma programação antecipada e objetiva é muito mais econômica que em uma situação onde se conheça  somente o custo da passagem ou do combustível, caso for de carro, e da hospedagem, pois a alimentação, os serviços essenciais nos locais onde visitar e as lembranças compradas não são avaliadas, ocasionando um gasto imprevisto ou de magnitude não calculada.


Alta temporada e baixa temporada

Os preços da passagem, da hospedagem e da alimentação mudam muito se forem comparadas entre a alta e a baixa temporada; só o combustível que continua na mesma faixa de preço. Há uns tempos atrás eu pesquisei sobre o custo total de uma viajem que pretendo fazer (afinal o Leão também tem que viajar) e a diferença girou em torno dos 120%. É claro que os de baixa são os períodos onde não costumam serem de férias ou de feriados prolongados, mas isso você pode resolver na sua instituição de ensino, tendo uma conversa em particular com os professores, ou no trabalho. Por exemplo: Vai ter um feriado prolongado no mês de janeiro (alta temporada), você pode negociar com os responsáveis de onde trabalha para trabalhar nesses feriados e ganhar folgas seguidas correspondentes às horas no qual trabalhou para serem usadas no final de fevereiro (começo de baixa temporada dependendo do dia em que for o Carnaval) ou março (baixa temporada, exceto no dias que tiverem algum feriado prolongado).

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. cONCORDO COM TUDO ISSO,
    Pena que na teoria o planejamento não sai tanto quanto o esperado ! hahahaha

    Olha eu, vim estudar 6 meses na Irlanda e estou praticamente casada com um irlandes e morando aqui a 3 anos!

    Mas essa é a graça da vida, as surpresas...

    Legal seu blog, vou seguir.



    http://kaestoueu.blogspot.com/

    ResponderExcluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...