Como Evitar Ciúmes


Quando alguém que nos ama demonstra ciúmes, sentimos a ótima sensação de que estamos sendo desejados e que alguém se importa por nós, capaz de entrar em uma disputa para ter a nossa preferência. O grande problema é que quando o ciúme é excessivo transforma o que era para ser uma ótima sensação em um dos piores pesadelos da relação. Como saber se o ciúme dele/dela é excessivo? Como acabar com os ciúmes?



O Ciúme Excessivo

Para saber se está com alguém com ciúme excessivo bastar ver se você se encaixa nestes fatores: Impedir que saia sozinha(o), com amigos e amigas; pede esclarações sobre todo o seu dia, inclusive sobre com quem esteve; fica te ligando perguntando com quem está ou onde está, ao invés de perguntar como você está ou se precisa de alguma coisa; fica com raiva ou inicia uma discussão ao saber que tu poderá estar em um lugar com outras pessoas (exemplos: trabalho, faculdade, escola, casa de parentes, casa de amigos etc.). Se estiver encaixada/encaixado em algum ou vários destes exemplos, não se preocupe, os tópicos abaixo irão te ajudar.



O Outro/A Outra Tem Motivos?

Tudo bem que não há qualquer problema em sair com seus amigos e amigas. Mas por mais que você mesmo(a) saiba que não irá acontecer nada de errado, é necessário refletir como são os seus comportamentos com as demais pessoas. Quando se está solteiro/solteira, beijamos e abraçamos os amigos ou as amigas, ligamos e recebemos várias ligações deles/delas ao longo do dia, dormimos na casa de  amigos junto com amigos de outros amigos e por aí vai. Acontece que em algumas vezes, ao estar em uma relação de comprometimento, continuamos a ter alguns comportamentos de quando se está solteiro(a). Você por exemplo que é um homem, gostaria de ver a mulher que ama dando e recebendo vários beijos e abraços dos amigos, ou mesmo, ligações e mensagens deles ao longo do dia? Não estou querendo dizer que ao encontrar uma amiga/amigo, não possamos dar um beijo ou um abraço, tampouco que não devemos mais dormir na casa de amigos ou amigas de longa data, mas receber vários abraços e beijos ao longo do encontro fica chato, como também dormir na casa com pessoas do sexo oposto. Você também não iria gostar de ver a pessoa que ama aos abraços e beijos ao encontrar com os amigos ou amigas dele/dela, assim como saber que o outro/a outra está em uma casa com pessoas do sexo oposto e que só Deus sabe o que pode acontecer!


Imponha Seu Espaço

Estar com alguém não significa que tenha que estar em uma prisão. É extremamente chato deixar de sair com amigos e amigas somente por ter iniciado um relacionamento. Ao namorar ou casar, continue fazendo o que fazia quando estava solteira/solteiro, como sair com amigos e amigas, continuar no trabalho ou a estudar, mesmo que nesses lugares tenha muito mais pessoas do sexo oposto ao seu. É claro que você não irá fazer questão de ir para baladas sem o seu namorado(a) ou esposo(a), dê preferência para sair com  ele/ela, mas o dia em que não puderem estar juntos, não deixe fazer as suas atividades ou de ir a certos lugares. Demonstre respeito e exale confiança e determinação. Converse com o seu parceiro(a) e diga que o/a ama que tem respeito por ele/ela. 


Mostra Que Ele/Ela Não Precisa Ter Ciúmes

Uma coisa que é muito eficaz para acabar ou diminuir o ciúme é a confiança. Ao estar com outras pessoas, abrace e dê um beijo em que você ama, mesmo que muitas pessoas estejam olhando. Ao abraçar, diga em seu ouvido que ele/ela não precisa ter ciúmes, pois não é preciso se preocupar ou duvidar do seu amor por ele/ela. Alguém que tem o ciúme exagerado é inseguro e que desconfia muito do outro. Talvez você esteja com o tipo de pessoa que por mais que demonstre que tem o respeito e o amor por ela, vai continuar com o ciúme exagerado. Nesta situação, converse bastante e jamais deixe de ser independente e não aceite as condições dele/dela. Não deixe que te imponham a reclusão e ao confinamento. Em alguns casos, quando nos submetemos às vontades produzidas pelo ciúme de alguém, estaremos ajudando tornar este sentimento mais forte e mais abrangente em nossas vidas. O diálogo e o respeito são fundamentais, assim como a individualidade e a independência é muito importante estar presente desde os primeiros minutos de vida de qualquer tipo de relação. 

Se você está começando a se relacionar e não sabe se a pessoa é ciumenta ou se com o tempo irá demonstrar ciúmes excessivos, frequentemente, procure sair sozinha/sozinho para comprar alguma coisa ou sair com amigos e amigas quando ele/ela não puder estar com você para, deste modo, garantir o seu direito de ter seu próprio espaço e de se submeter aos pensamentos inseguros e insanos de alguém.


O assunto desta postagem foi sugerido pela "Mulher na Polícia" mulhernapolicia.blogspot.com/. O blog dela é muito legal e divertido.

E se você tem alguma sugestão relacionada a um assunto ou tema para postagem, envie através de um comentário.

Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Bom eu moro com uma pessoa a 4 anos e confiava muito nela mas derrepente começou a levar o celular para tomar banho pego megs no seu orkut que me fizeram perder a confiança nele cheguei a colocar um programa que espionava as conversas dele no computador e acabei pegando o que nao devia la..chorei muito ele tentou reverter pro meu lado a situação como se eu fosse a cupada de estar vigiando ele..mas me pediu perdao e falou que nao ia mais fazer isso mas nao consigo confiar nele de geito nenhum ele continua escondendo o celular de mim e me excluiu do orkut dele pra q eu nao visse seus recados fiz um orkut fake e ele aceitou e vi depoimentos de mulheres no orkut dele nao sei o que faço larguei tudo em minha cidade pra morar com ele desde meus 18 anos hj tenho 22 o que devo fazer..me intristeço com essa situação depressiva achando que o problema sou eu poir eu dei muito amor e carinho a ele e sempre fiz tudo por ele...meu primeiro amor e sofro muito pois ele fala com muita ignorancia comigo agora..e antes era so amor se falo que vou embora as vezes ele fala que me ama outras fala que é melhor eu ir preciso de ajuda o que devo fazer??

    ResponderExcluir
  2. Bom, não existe uma fórmula do que a pessoa deva ou não fazer. O mais correto seria conversar com ela e expor tudo o que está acontecendo. Você que tem que decidir se continua ou não. Se está te entristecendo ou deixando depressivo, é sinal de que as coisas não vão bem.


    Abraços e fique com Deus

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber se você tem algum imail para podermos falar de um determinado assunto,no qual preciso urgentemente chegar a uma conclusão. agradeço dês de já ...

    ResponderExcluir
  4. Olá, Guh, o que deve ser dito, pode ser escrito no campo de comentários. Eu sempre respondo!


    abraços

    ResponderExcluir
  5. ola eu moro com o pai do meu filho a 3 anos no inicio tudo era só love de uns 3 meses pra cá depois que comprou um carro mudou, virou motorista particular de uma mulher e só anda na casa dela so vem em casa praticamente pra dormir.o que me prende a ele ainda e meu bb de 1ano e 2 meses.

    ResponderExcluir
  6. ola eu sei oque esse tipo de comportamento pode causar por que eu era assim e era muito dificil aceitar que o amor da minha vida ficassi longe de mim mas mudei e vi que o ciumes exessivo so estava me fasendo mal hoje sou bem mais feliz e tranquilo em meu relacionamento e sei que amar e tambem saber respeitar a vida e o espasso de seu parceiro.

    ResponderExcluir
  7. Olá meu nome é mary eu sou uma pessoa muito ciumenta estou com o meu marido a 4 anos mas sou muito insegura, mas ele nunca me deu motivos para desconfiar dele e ele sempre me trata bem. O que posso fazer pra mudar, se você me ajudar eu agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reflita nos fatores que geram sua insegurança, de forma a avaliá-los se eles possuem lógica. Muitas das vezes a insegurança é baseada por coisas sem cabimento e irreais.

      Se ele nunca te deu motivos e te trata bem, por que continuar desconfiando e perdendo tempo sentindo-se assim?


      Teorias do Leão da Montanha
      Curta Teorias do Leão da Montanha

      Excluir
  8. Eu sou muit ciumenta ate demais e meu marido sempre fala que iss so nos ira nos atrapalhar eu confio nele mas se ele vê outra mulher eu logo penso que ele esta pensando a coisas nao sei oque fazer para mudar me ajuda por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Controlar o olhar do outro é praticamente impossível. Existem diversas formas de olhar. Como citou, ele mesmo lhe disse que seu ciúme excessivo atrapalhará o casamento de vocês.

      Nem sempre quando um homem olha para uma mulher ele a deseja. Comece a refletir sobre suas próprias qualidades, de modo a trabalhar sua segurança. E dialogue com o seu marido a respeito da sua insegurança e como podem evitá-la. Se preciso, busque um tratamento psicológico.


      Teorias do Leão da Montanha
      Curta Teorias do Leão da Montanha

      Excluir
  9. Os ciúmes podem destruir qualquer relação, por mais forte que esta seja. É complicado perceber quando se trata apenas de ciúmes bobos, ou quando é sinal que o seu amor se tornou uma obsessão. Por vezes, e quando falamos em ciúmes, nem sempre o problema é da outra pessoa, porque em certos casos a outra parte do casal nem faz nada para provocar ciúmes. O que eu quero dizer é que em grande parte dos casos, somos nós a ter culpa por sentir ciúmes, já que a outra parte não nos dá nenhuma razão.


    É importante sentir ciúmes numa certa medida, é sinal de amor e de preocupação, o problema surge quando se passa esse mesmo ponto, considerado de aceitável e quando se entra numa relação de obsessão. Para conseguir manter uma relação saudável, nós trazemos algumas dicas que o(a) ajudarão a lidar com o ciúme numa relação.Parabens pelo artigo!

    ResponderExcluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...