Amor é Respeito


O que é o amor? Sabemos que um dia amaremos e seremos amados por alguém, mas o que isso significa e como é senti-lo? No dicionário tem as seguintes definições: 1 Sentimento que leva a desejar o bem de outrem. 2 feição profunda (por alguém ou algo) 3 intensa inclinação, de caráter afetivo e sexual, por pessoas do outro ou do mesmo sexo. 4 simpatia amizade. 5 Aventura amorosa. 6 Zelo, cuidado. O amor em si é tão complexo, mas mesmo quando vivenciamos uma ou algumas dessas definições, não quer dizer que seja o mais saudável para nós, pois quando estamos amando, temos que ver o que esse amor nos faz sentir e viver. O que adianta amar se está sendo desrespeitado, sofrendo, magoado e sem liberdade? É muito comum ter pessoas que ao amar, tem mais dor e sofrimento do que se não estivessem amando, talvez até por medo de estarem sozinha. Vale a pena amar quando não é compreendido? 

Se relacionar com alguém do outro sexo, como no caso o homem que ama uma mulher ou vice-versa, de fato é complexo, afinal são pensamentos, dogmas e crenças diferentes. Não existe ninguém perfeito que pensará da mesma forma como o outro, porém quando se chega à conclusão que o caminho mais correto é lidar com as diferenças e aceitá-las, com dedicação, afeto, paciência e responsabilidade, as diferenças se tornam apenas detalhes para vivenciar a dimensão especial do amor. Todos, tanto homens e mulheres deveriam ler a respeito de como conviver com as diferenças entre os sexos. Numa recente leitura, muito boa por sinal, tem um trecho que achei muito importante:

"Um relacionamento que sustente a magia do amor é um relacionamento em que não tentamos mudar ninguém nem negar a nós mesmos. Pelo entendimento de nossas diferenças complementares, eliminamos a tendência de moldar nossos parceiros à nossa imagem. Também somos capazes de aceitar e apreciar nosso caráter único sem julgamento, vergonha ou culpa. Um relacionamento floresce e a atração é mantida quando podemos apoiar nossos parceiros para que sejamos nós mesmos. Assim como devemos aprender a dar apoio de acordo com as nossas necessidades únicas de nosso parceiro, também devemos aprender a receber apoio sem desistirmos da individualidade. É essencial aprender a apreciar e respeitar nossas diferenças se pretendemos ter relacionamentos de apoio mútuo. É nesse amor e respeito crescentes de nossas diferenças que nos sustenta por meio dos inevitáveis períodos de resistência, ressentimento e rejeição." - Livro: Homens, Mulheres e Relacionamentos (autor: John Gray).

Amar com respeito é respeitar as diferenças, é o amor saudável, com diálogo. Estar bem consigo mesmo, sem esperar que o outro te complete. Quando for começar a amar, não espere que ninguém seja a tua própria felicidade, seja feliz consigo mesmo. Não cobre do outro aquilo que nem você possa dar a si, no caso o preenchimento do vazio, pois então estará querendo moldar alguém para que seja como o seu ideal. É por isso que muitos relacionamentos e casamentos acabam.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...