O Atropelamento de Ciclistas em Porto Alegre



Ontem eu estava visitando alguns dos blogs que sigo e no Preguiça Alheia http://preguicaalheia.blogspot.com/ me deparei com uma postagem a respeito do atropelamento de ciclistas em Porto Alegre. Como neste final de semana não tive tempo para acompanhar os jornais, não estava por dentro de que isto tinha ocorrido. A partir de então comecei a acompanhar as reportagens das emissoras de tv e sites da internet. Para começar, o atropelador passa por cima de 15 ciclistas, mas na verdade queria é atropelar cerca de 100, isso em uma sexta (25 de fevereiro de 2011) e o indivíduo só se apresenta na segunda (ontem - 28 de fevereiro), ainda por cima alegando estar transtornado pelo que tinha ocorrido. Isso nos faz refletir da falta de importância e amor pela vida dos outros. Atualmente existem cada vez mais pessoas que não sabem e/ou não suportam viver em sociedade. Isto é claro no trânsito, nas ruas, nas academias de ginásticas, onde fazem questão de não dividir um aparelho, no trabalho etc. 

O mais absurdo é a seriedade com que a polícia e a própria justiça lidam com este caso. O delegado afirma que os ciclistas deveriam pedir auxílio de algum órgão público para realizar a manifestação, pois se tivessem, não teria acontecido isso. Ora, isso dá entender então que foram atropelados e por não pedirem permissão ou auxílio mereciam ser atropelados? Não estou aqui para dizer se deviam ou não comunicar à prefeitura, polícia ou Detran, mas só porque não dividiram a faixa fazendo com que os carros não passassem, o motorista sai fazendo um strike de pessoas e está por isso mesmo? - Ah, mas eu fiquei com medo de ser linchado (relatou Ricardo Neis, 47 anos, que trabalha no Banco Central). E por ter medo sai passando por cima dos outros? E se tivesse alguma criança ou idoso e comprometesse um braço ou uma perna pelo resto da vida? E se alguém tivesse morrido. Por um milagre, ninguém morreu. Mas é claro, qualquer pessoa racional percebe que ele tentou matar. Se quisesse fugir, que saísse devagar, em 20 ou 30 km, mas mesmo assim estaria cometendo um grave crime, afinal o carro em meio de bicicletas é como um tanque de guerra, mas não, ele acelerou pra valer, pelo menos acima de 60 km. 

A polícia não prende, a justiça não se empenha para colocá-lo atrás das grades no final ele ainda vai sair dessa sem pagar pelo crime que cometeu, e mais, ainda tem o risco dos ciclistas serem obrigados a indenizar os danos do automóvel de Ricardo Neis. Não sou a favor de fazer justiça com as próprias mãos, mas e se fosse você passando por aquela rua? E se fosse eu? (se bem que um leão vale mais que uma pessoa; se atropelar um, você é preso, mas se tentar matar 100 pessoas responde em liberdade). No final, se não prenderem o assassino, o Brasil vai mostrar, mais uma vez, que a justiça é para que tem dinheiro. E se fosse nos EUA, na Europa, em Cuba, no Japão? Aposto que esse cara pegaria prisão perpétua e nas terras de Fidel, mais um ser anti-humano iria para o paredón!


E você, qual pena daria para uma pessoa que faz isso?

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Depende do caso. Se for culpado ,20 anos sem redução de pena, o que é impossível num país como o Brsil. Vai fazer isso nos EUA pra ver o que é bom ...

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei incrédula quando vi as imagens! Cruel, covarde, sem noção o ato de Ricardo Neis. Um erro não justifica o outro, nunca!
    O "monstrorista" disse que agiu por " legítima defesa". Sim, passar por cima de ciclistas de costas sem a chance de se denfender... bicicletas viraram armas, carros são escudos...¬¬ Francamente!Deu pra sentir o ódio da atitude dele só de ver as imagens. Uma pessoa assim não vale o prato que come!
    A tragédia só não foi pior, porque muitos estavam de capacetes e as bicicletas agiram como uma proteção, ou seja, foram atingidas primeiramente pelo carro e depois o corpo dos ciclistas... mas pensa se fosse uma crinça, ou qualquer outra pessoa que possuiesse uma bicleta pequena, esse indivíduo não seria arremessado, mas esmagado!

    ResponderExcluir
  3. Oi Leão, tudo bem? rsrsrs
    Pois é, esse fato aconteceu aqui na minha cidade, Porto Alegre ... horrível, coisas do tipo que a gente não quer acreditar. Gostei da denominação da Suzy: "monstrorista", acho que isso já diz tudo!
    Novamente, parabéns pelos 2 anos de blog! Muita sorte e sucesso! E obrigada por estar presente lá no meublog! Estarei sempre aqui também!
    Fica com Deus!
    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Leão.

    Meu msn é stefanolucas03@hotmail.com

    á, eu já tenho os 6 temas que eu vou publicar lá no meu blog

    1- Meu primeiro dia na aula de música,
    2- Quanto você paga de impostos
    3- Desmascarando o IDEB
    4- Expectativas do mês de março para o PODE FUÇAR
    5- Aorigem do carnaval.
    6- Abrindo um espaço : Elvis Presley.

    O post sobre o Elvis Presley vai encerrar a semana no dia de sábado. Vou publicá-lo a tardinha ( 5 e 30 , ou 6 horas.

    A , eu vou começar tocando a fauta doce. Mas a minha maior ambição msm é o baixo ( de cinco cordas ) . Claro que támbém quero aprender guitarra , bateria, teclado, e vários outros instrumentos. Mas é bom eu ir com calma.

    Até mais

    ResponderExcluir
  5. Uma semana ouvindo ouvindo repetidamente um cd do Parangolé (é assim q escreve essa encrenca?), sem comida e sem água.
    Depois, um rápido passei em Gulag.
    Deixando a brincadeira de lado, fora Gulag que é sério, infelizmente há "humanos" assim.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Só mandei esse comentário para lhe avisar que o vídeo está fora do ar! =D

    ResponderExcluir
  7. Obrigado, Tarik. Já fiz a modificação para um que esteja no ar.


    abraços e fique com Deus

    ResponderExcluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...