Fusca - O Melhor Carro do Mundo

 

O automóvel mais famoso e vendido do mundo já não é mais fabricado há alguns anos e mesmo com os novos modelos do mercado atual e todas as facilidades em adquirir um carro zero, não é capaz de tirar a sua presença marcante nas ruas. Ainda que o tempo passe, muitos dos 21.529.464 milhões de fuscas vendidos estão por aí sendo usados conservados. O Volkswagen Sedan teve sua mecânica simples e resistente projetada por Ferdinand Porsche e sua equipe de engenheiros seguindo o estado da arte vigente na década de 1930 na Europa. Sem dúvida, nenhum outro veículo possui uma história tão complexa e interessante quanto, sendo desenvolvido a partir da decisão de Adolf Hitler de ter um carro para o povo em uma Alemanha que se preparava para dominar o mundo.





No exterior, principalmente em países ricos e desenvolvidos, ou melhor, com uma cultura mais aprimorada, o fusca é tido como referência principal da história automotiva, onde pobres e ricos o admiram e o respeitam. No Brasil, isso não acontece nem mesmo com a própria Volkswagen, que obteve todo seu prestigio atual com o sucesso desse veículo, dando a entender que montadora brasileira sente vergonha do seu passado. Os relatórios e registros dos lotes produzidos em sua fábrica brasileira não foram arquivados e o seu site dispõe de informações e suportes apenas para veículos em produção, como seu os antigos modelos simplesmente nunca tivessem existido. Tal absurdo não é constatado, por exemplo, nos Estados Unidos, onde é possível obter peças e informações diretamente das montadoras, tanto de um modelo 2012, como do Cadillac 1949 ou um Ford 1929. A Volkswagen alemã oferece aos proprietários dos fuscas produzidos naquele país uma certidão de nascimento, composta por dia, mês e ano da fabricação do automóvel, então é possível constatar que tal descaso ocorre por fatores culturais, onde simplesmente a história não possui o valor merecido e justo.


O que se percebe é que décadas atrás os brasileiros compravam este modelo por falta de recursos, até mesmo para uma manutenção básica, o que proporcionou abandono e alterações das principais características em muitos deles. Hoje quem tem um fusca é porque gosta e faz questão de conservá-lo. A sensação de dirigi-lo, a forma como é possível sentir a maciez do volante, a delicada aceitação das marchas e a resistência de um tanque de guerra, são os principais fatores para se apaixonar e sentir felicidade em ter um. Mesmo com a falta de atenção da Volkswagen, é possível ter peças em abundâncias através de lojas especializadas e sites exclusivos para o querido carro.



Algumas pessoas ainda têm preconceitos em relação a esse veículo, mesmo com todas as qualidades e história, inclusive no cinema, porém é o único que pode fazer seleção de pessoas para o seu dono, então não se preocupe com isso e tire proveito dessa situação. Desta forma, só os verdadeiros amigos, mulheres (para os donos) e homens (para as donas) que terão certa importância em sua vida entrarão nele, afastando os que se interessariam apenas em seu dinheiro. Você pode até chegar a ouvir dizer que o fusca não é carro, que é apenas um meio de condução, mas relaxe e tire proveito com tudo isso, afinal enquanto uns tem o carro do ano, você tem o do século.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. confesso que é o único carro que consigo reconhecer,por ter o design simples e sempre fácil reconhecer neh?
    amei o post
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. aquele antigo que você tinha foi bloqueado agora uso esse lolamantovani@hotmail.com
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Tenho 41 anos e tenho um fusca 69 há 22 anos. Foi o meu primeiro carro e ando com ele até hoje. Mas o preconceito contra o fusca é muito grande! Quem tem sabe! No trânsito urbano andamos à mesma velocidade dos demais veículos, mas somos pressionados a todo instante, só por maldade. quem está atrás faz questão de colar, piscar farol e empurrar. Quem está na frente adora dar fechadas, pois acha que não temos velocidade para ultrapassá-los. Cruzamentos, então, são um perigo para o fusca...outros carros entram na frente sem dó, não respeitam a via preferencial.
    Enfim, quem tem fusca tem por paixão, mas a coisa está difícil pro nosso lado...isso sem falar na maldita inspeção veicular em SP, mas isso é outra história...

    ResponderExcluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...