Por Que Não Devo Me Suicidar? - Parte 1


Você que pensa em se matar ou mesmo que não esteja com esse pensamento agora, mas tem pensamentos recorrentes de suicídio, seus motivos podem ser diversos ou mesmo pode ser um único que seja crucial e decisivo a ponto de te fazer pensar tirar a sua própria vida. Independente de qual for seu problema, existe uma saída sem precisar se matar. O suicídio vem crescendo como uma forma de solução de problemas que são cada vez mais diversos, complexos e presentes na vida moderna; os índices europeus são os mais altos, enquanto aqui no Brasil mesmo com aumento, é considerado baixo se comparado aos demais países.

Depressão, solidão, dependência de drogas, transtorno bipolar e desilusões amorosas podem ser um dos motivos que te leve a querer suicidar-se, afinal são as principais causas de suicídio. Mas há também os fatores genéticos (desordens psíquicas, esquizofrenia, tendência ao alcoolismo), o desequilíbrio crônico, a obsessão, os fatores de quem envolvam a sua sexualidade, os problemas familiares etc. Você pode achar que o seu problema não tem solução e que não há esperança e muito menos aquela famosa luz no fim do túnel. Alguém pode te ajudar e se ninguém quiser ou não poder, em ambos os casos você precisa aceitar uma grande e fundamental ajuda, a de si mesmo. Por mais que sua situação seja difícil, não será  sem solução, mesmo que ache que está sofrendo ou que não queira dar trabalho a ninguém.

A depressão e o isolamento estão sempre te perseguindo e causando aquela dor em seu coração, estremecendo a sua cabeça e causando sofrimento em sua vida? Sofreu uma desilusão amorosa? Está sem esperança com própria vida? Sente-se sozinho e isolado? Não, você não está sozinho. Ao invés de dar atenção aos seus principais fracassos e derrotas, lembre-se que não é único. Todos têm isso na vida e não é uma coisa que vem e que nunca mais volta; ela de vez enquando chega e o indivíduo tem que superar-se para continuar de pé e na luta. Uma pessoa que só apresenta os defeitos e as derrotas será sempre um derrotado para os outros, mas quem irá achar que ela é a grande derrota da vida, será ela mesma. Veja as suas qualidades e lembre-se das coisas boas que já fez e que desejas fazer. Fale sobre isso para quem conhecer ou que já conheça. 

E até poderá me dizer: - Tenho errado muito, sofro várias derrotas, Leão da Montanha, e nem tenho nada de bom ou ao menos cheguei a fazer uma coisa boa. E te respondo: - É impossível existe alguém que nunca fez algo bom na vida, ao menos que tenha sido uma vez. O que você considera bom? Dominar o mundo e acabar com a fome e a miséria? Ficar milionário sem ter ganhado na Mega-Sena, de um dia para o outro? Ser aprovado naquele concurso, prova ou vestibular? Ou ainda conquistar aquela pessoa que deixa o seu coração batendo mais forte? 

Conquistar o mundo e acabar com as mazelas da humanidade é uma coisa formidável, mas você não poderá fazer sozinho. O grande caminho para isso é o amor. E através do amor você pode fazer uma coisa que parece mínima, mas que na verdade estará sendo um grande passo para o mundo. Um exemplo? Visite um asilo, um orfanato ou um hospital público. Neles poderá ver pessoas abandonadas pelos parentes e que nem pernas ou braços possuem ou que vivem através de aparelhos e tratamentos fundamentais para manter a vida daquela pessoa, enquanto você tem uma família, anda, come e sabe alguma coisa legal que pode ajudar alguém que não possui esse conhecimento.

E quem nunca se sentiu sozinho ou teve medo do futuro? A solidão e o isolamento é uma coisa boa e maravilhosa se forem feitas em dosagens pequenas em um determinado espaço de tempo, que não seja curto, pois podemos refletir sobre as decisões importantes para nossas vidas. Mas há pessoas que podem ficar simplesmente presas  no isolamento e quando dão por si não acham a saída e aí entram em depressão. Saia disso. Não consegue fazer amizades e acha que é tão estranho que ninguém poderá te achar legal? Se gostar de um determinado cantor de música ou de um estilo único de filmes procure por fã-clubes mais perto de você. Lá tem pessoas que possuem os mesmos gostos que você; é uma fonte de amigos. Faça um esporte (muito poucos podem ser feitos sozinhos); terá que fazer com alguém. E se a questão for financeira: fazer amizades é de graça. Procure ir a lugares onde há pessoas. Praças, clubes e shoppings podem ser uma boas opções.


Está pensando em se matar por coisas quem envolvam dinheiro? É bom ter muito dinheiro, não é? Pode comprar o que quiser, ir para onde quiser, e aquela casa dos seus sonhos passa a ser sua em um estalar de dedos. E supondo que fique rico, tudo o que dinheiro trouxer não te fará plenamente feliz, pois dependerá somente decomprar mais e mais coisas para sustentar essa falsa felicidade. Aí de uma hora para outra o dinheiro vai acabando, as coisas que comprou vão se tornando inúteis, os amigos interesseiros vão ficando ocupados sempre que você liga. Aquele homem ou aquela mulher linda, maravilhosa, que sempre estava contigo naquelas viagens internacionais de cinco estrelas, de um dia para o outro começa a desligar o celular ao receber suas ligações quando a sua vontade era na verdade conversar, se abrir e ser ouvido. O mercado diz que devemos ser cercados de coisas materiais, mas elas não podem fazer sua vida plenamente feliz. As coisas boas da vida são os momentos e não os objetos. Dê atenção às pessoas e veja que não há dinheiro algum no mundo que compre aquela eterna amizade. Sua vida não é ficar controlado pela matéria, mas sim controlar as coisas materiais. Ter uma religião possibilita encontrar interiormente o significado da vida e do propósito de sua existência.

Leia a segunda parte deste texto: Por Que Não Devo Me Suicidar - Parte 2 

E se quer ser ouvido neste exato momento, ligue para o Centro de Valorização da Vida (CVV) através do telefone 141. A ligação é gratuita.


Este texto foi atualizado em 30/11/2013

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Sabe... confesso que já pensei nisso.
    Sem demagogias... Já pensei quando estive numa fase depressiva.
    Duas amigas minhas fizeram a cabeça da minha mãe contra mim, não que isso tenha acontecido, mas elas tentaram muito e minha mãe chegou a duvidar um pouco.
    Entrei num processo de depressão que chorava por tudo e não queria falar com ninguém.
    Ninguém sabia disso, mas quando souberam tentaram me acariciar como se eu fosse coitadinha, sabe?

    PAssei por um momento muito duro... Hj me sinto feliz.
    Sinto-me amada e tenho o carinho das pessoas aqui no blog.
    É claro que passei por isso faz muito tempo... Há uns 9 anos, mais ou menos.. eu ia fazer 11 anos.
    Muito complicado pra minha idade, né?
    Foi bem difícil... mas superei sozinha. Hoje sou a primeira a dar conselhos, falo muito sobre a vida e sobre a morte.
    Dou conselhos sobre relacionamentos amorosos, entre pais e filhos e ainda muitos me ouvem. Ficou feliz com isso.
    Até um advogado, amigo meu... passa por uns problemas e dou muitos conselhos. Sinto-me honrada por isso... uma pessoa, simples como eu, sem estudo superior dar conselhos pra um advogado, é uma honra.

    Superei e estou mais viva do que nunca.
    Agradeço seu post de hj, deu até uma animada em mim.

    Abraços, Leão.

    ResponderExcluir
  2. Para mim é uma felicidade imensa saber que esse texto te animou e de certa forma possa ajudar alguém. Pessoas que superam isso, como você, são exemplos não somente de determinação, mas de força. E o seu comentário também ajuda muitos que pensam a própria vida é determina por algumas coisas.

    É bom bom tê-la por aqui.

    Beijos e fique com Deus, querida Naty.

    ResponderExcluir
  3. Devo ser um caso raro
    não a saida!!!

    ResponderExcluir
  4. eu amava muito uma pessoa.. ou melhor ainda amo, mas eu fiz uma coisa muito errada e que eu mesma nao consigo me perdoar de forma alguma, eu trai ele, estao todos contra mim, até mesmo os meus pai e amigos, todos os dias eles me culpam pelo o q eu fiz, choro todo dia por amar ele, e ele nao querer nunca mais ver minha cara.. ja me excluiu de todas as redes sociais e nao atende minha ligaçoes.. uma vez eu liguei e ele desligo na minha cara... todos me chamam de mentirosa, ele me amava muito e eu fiz isso com ele, eu nao me perdoa.. nao consigo, ele disse q pra ele eu morri.. e acho q é isso mesmo q eu deveria fazer, morrer..
    essa é a unica forma de eu acabar com esse sofrimento.
    Ao invés de me ajudarem, todos só colocam mais ele contra mim, e fazem ainda mais eu me sentir culpada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a pessoa trai, assume o risco de perder quem ama. Você assumiu esse risco e isso que sente é remorso. Supere isso e siga em frente. Arrume um novo amor e deixe a pessoa que vc traiu viver em paz.

      Excluir
  5. Penso em me matar todos os dias... não sou feliz..

    ResponderExcluir
  6. Suas palavras são fortes, e ao mesmo tempo, são palavras vazias para mim. Eu particularmente, so vivo ainda por causa da minha mãe, que é a única pessoa que eu amo nessa vida. Quando ela se for, estarei a um passo para abandonar tudo isso.
    Eu vejo suicídio como um ato social, não diferente dos direitos civis como se aposentar. Eu já vivi muito nas ruínas da minha vida, e acho suicídio como a única coisa digna que farei por mim quando tudo mais não importar.
    Claro que é escolha minha, mas dentro delas será a mais prazerosa, não ter que me conhecer mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronivan,

      Você deve estar passando por uma situação muito difícil em sua vida. Independente da sua opinião sobre o suicídio, cabe a mim não te julgar. Se conhecer pode ser prazeroso sim; vai lhe dar mais conhecimento sobre si mesmo e lhe mostrar o que pode ser mudado. Se for aberto a novas ideias e tenha esperança em si mesmo e na vida, procure um Psicólogo, de preferência que tenha seja de abordagem Terapia Cognitiva-Comportamental.

      Fique à vontade para fazer novos comentários.

      Um grande abraço!

      Excluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...