Como o Facebook Pode Atrapalhar Sua Vida


O Facebook é um fenômeno global que conta com cerca de 1 bilhão de usuários e este número cresce a cada dia. Diariamente, todas estas pessoas postam conteúdos diversificados em seu perfil, além de curtir fotos e frases dos seus amigos. A febre é proveniente da grande facilidade em se conectar e achar outros usuários que de certa forma, já passaram pelas nossas vidas, seja na escola, universidade ou trabalho. A sensação de ter alguma publicação com muitas curtidas é de prazer, eleva o ego e nos faz pensar que, de certa forma, somos reconhecidos nesse grande oceano virtual. De forma inconsciente e consciente, essa grande felicidade pode fazer as pessoas pensarem coisas ao seu respeito nas quais você jamais imaginou. Saiba agora como Facebook pode atrapalhar a sua vida:


Exposição - Fotos e Frases

Na ânsia de ter mais curtidas, o usuário pode postar fotos indesejáveis para grande parte das pessoas, além de se expor com fotografias inconvenientes. De maneira geral, pode se tornar um sujeito que vive para se expor na rede social, registrando o que está comendo, fazendo, com quem está e muitas outras coisas.

Pode-se notar que quando a pessoa passa por momentos estressantes do dia, ela resolve escrever seus problemas de forma a desabafar, como no Muro das Lamentações, ofendendo ou falando sobre quem nem tem a possibilidade de visualizar, seja porque não é amigo ou mesmo não está no Facebook. Na maioria das vezes, isso passa a imagem de descontrole, além de relatar assuntos pessoais que não é de interesse de ninguém senão dela mesma. Se você é assim, controle suas emoções e saiba que estas postagens não irão mudar em nada, certos assuntos devem permanecer conosco. Por mais que se tenha "amigos", na grande maioria das vezes o seu sentimento não tem importância, somente o fato em si, a fofoca, evite isso. O que se passa no auge da emoção, é melhor permanecer na emoção, pois quando dizemos, na maioria das vezes, nos arrependemos de ter publicado. Um torcedor de futebol, por exemplo, quando está com vários outros torcedores do seu time, quando este faz um gol, ele se expressa de modo diferente do que se estivesse sozinho e em casa. Anos atrás ele gritava, gingava no estádio ou onde estivesse assistindo o jogo com os demais, hoje verbaliza como antes, só que também pega o celular e posta a sua reação, com direitos aos xingamentos e ofensas ao juiz.


Amigos - São Seus Amigos?

Como o desejo de ter mais curtidas, existe também o de ter mais amigos, isto se relaciona ao número de curtidas, pois quanto mais pessoas visualizarem a sua postagem, mais curtidas poderá ter. Também tem o efeito de se sentir reconhecido e com isso adiciona pessoas irrelevantes para estarem no seu perfil, como a que te ajudou a localizar uma rua ou que sentou ao seu lado no ônibus. Grande parte dos que estão como seus amigos jamais irão bater um papo quando estiverem on-line e mesmo que veja-os pessoalmente de forma inesperada, o máximo que vão fazer é te cumprimentar, isso se te reconhecerem. Vejo usuários com cerca de mil, outras com mil e quinhentas pessoas no perfil, e imagino que ao menos que seja alguém que tenha ampla exposição no seu dia-a-dia como apresentador de televisão, ator, cantor, escritor, professor etc. simplesmente não conhece grande parte delas, sendo impossível responder todas as mensagens ou sequer visualizar todos os conteúdos que seus "amigos" enviam ou postam diariamente.


Busca de Empregos

Há quem imagine que os psicólogos recrutadores apenas dispõem dos currículos enviados por intermédio de e-mails ou sites responsáveis por divulgar as vagas, porém os rastros da internet podem revelar certas coisas que nenhum processo seletivo e entrevista por mais bem elaborados, não conseguem demonstrar. Sendo assim, é mais comum do que se imagina a visualização do perfil do Facebook pelos profissionais de Recursos Humanos. Por isso tenha precaução em revelar suas emoções e gostos singulares. Antes de escrever ou curtir qualquer publicação e página, pense como tudo isso poderá interferir em sua imagem profissional.


Tempo Conectado

Você está com várias coisas para fazer e resolver durante o seu dia, basta acessar para ver se recebeu alguma mensagem e se alguém curtiu algum conteúdo publicado para simplesmente ver as horas passarem diante do relógio enquanto não conseguiu desconectar, deixando até mesmo de fazer coisas essenciais em casa. Parece bastante comum, não é mesmo? Isso acontece ou já aconteceu com alguém que usa a rede social. Ao menos que tenha muito controle sobre o seu tempo e a sua curiosidade, não acesse o Facebook antes de resolver questões importantes que precisam ser solucionadas no seu dia. Cada vez é mais comum o acesso através do celular, assim é possível ficar on-line durante todo o dia no bate-papo, fazendo com que não tenha como responder de forma rápida a mensagem recebida, seja porque está no trabalho, na sala de aula, embarcando em um ônibus ou dirigindo, e quem enviou acaba ficando com a nítida sensação de não ter a devida atenção além de você mesmo causar a imagem de desocupado por estar 24 horas do seu dia conectado e disposto a receber e enviar mensagens.

Separe uma parte do seu dia para acessar, estabelecendo um tempo limite, como trinta minutos ou 1 hora. Desta forma, vai ser raro deixar de fazer algo mais importante para estar conectado, além de evitar que chegue atrasado ao trabalho ou à aula. Quando se permanece conectado, a prioridade deixa de ser a sua vida para ser a do seu mundo virtual.


Viva a Realidade

Complementando o tópico acima, quem permanece muito tempo conectado no Facebook ou em alguma outra rede social, não vive a realidade na maior parte do seu dia - de acordo com o site Exame (Editora Abril), os brasileiros gastam em média 8 horas por mês no Facebook. Os usuários simplesmente tornam o seu perfil, seu mundo, assim como os "amigos" adicionados, seus habitantes. Pessoas deixam de sair com conhecidos para estarem conversando com alguém que dificilmente irá ver pessoalmente, isto é não viver a realidade. Não torne o seu Facebook o seu mundo. A vida é muito mais que a tela de um computador ou seus "amigos" que estão em seu perfil. Se não tiver precaução quanto a isso, sua verdadeira vida irá passar e você não terá vivido a realidade.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Muito bem elaborado...
    Está de parabéns !! =D
    Concordo com tudo oque escreveu a respeito do Facebook !
    Adoro seu Blog ! ;D

    Ass: T.Luar

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Eu particularmente enjoei do Facebook... é muito "disse me disse" e vc acaba entrando naquela "paranóia" de querer cada vez mais curtidas e quando não acontece, acaba gerando frustração... e sem dizer que vc passa realmente a viver alienado da sua própria vida. pois muita das vezes vc acaba por se interessar mais na vida dos outros... e o pior é quando vc reencontra alguém da escola que vc gosta muito, mas hj vc está casado, não dá mais pra sustentar aquele relacionamento... vc vai sofrer, por ter ela tão perto, mas ao mesmo tempo tão distante... muito desgastante, tô fora de Facebook!!!! Chega de sofrer !!!!!!!!!!!!! A melhor coisa é viver a realidade, com a sua família, sua esposa... enfim a sua vida...pois depois que estoura a bomba ou sua esposa descobre a "outra" aí meu amigo é só lamento... a sua fantasia de que a sua amiga gostava de vc como namorado, vai cair por terra... ela vai dizer que não tem nada a ver, que só gosta de vc como amigo, etc e tal... é aí vc fica sem esposa, sem a tal amiga e também sem credibilidade diante de seus amigos!

    ResponderExcluir

- Sem palavrões
- Deixe seu e-mail para que avise a você quando tiver respondido o seu comentário

Seu comentário é muito importante! Faça sua pergunta e irei te responder assim que possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...